Companhia Transitória
Espetáculo - Eu Nunca

Eu Nunca é um processo de criação coletiva, onde cada ator trouxe para o trabalho seu repertório pessoal. A dramaturgia consiste na utilização de colagens e na criação colaborativa, onde o texto é resultado de escrita automática e trechos de textos de André Silveira. O objetivo é trazer para o palco questões pertinentes ao teatro contemporâneo. Usar da linguagem híbrida da performance para criar novas possibilidades na comunicação entre ator e diretor, ator e personagem, ator e público e público e personagem. A fisicalização ocupando lugar da caracterização psicológica. O trabalho de atuação investiga as possibilidades da narrativa de modo a proporcionar ao público uma identificação concreta daquilo que está sendo narrado. Apropriando-se da dramaturgia criada colocar em evidência a naturalidade e frieza de um assassino.